Companhia Athletica - FranklinCoveyFranklinCovey
monsanto-thumb
Monsanto
11 de março de 2016
mc-thumb
MC Donald’s
11 de março de 2016
Mostrar tudo

Companhia Athletica

ciaatletica-thumb

Companhia Athletica: Vencido Pelos Princípios De Stephen R. Covey

“Assim como os executivos, professores têm que planejar e controlar seus horários para agendar aulas”

Segmento Fitness

O fundo e A solução

Após ler a primeira vez Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes, Gary Schulze, 53, sócio-diretor há 20 anos da Companhia Athlética – Unidade Kansas, não se convenceu de que aqueles ensinamentos poderiam ser úteis em sua vida. Porém, aconselhado por amigos que tinham todos os hábitos decorados, resolveu participar do treinamento Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes e hoje, além de viver de acordo com os princípios propostos por Stephen Covey, já treinou cerca de 700 funcionários; entre eles, seus sócios, coordenadores e gerentes. “Quando recebi a notícia de que existia o treinamento, resolvi fazer, impulsionado pelos elogios que havia ouvido. Recebi o pré-trabalho e reli o livro para me preparar. Saí do curso com o seguinte questionamento: como eu não tive contato com aquilo antes? Já participei de muitos seminários, mas aquele era o melhor curso de liderança e inteligência emocional que eu já havia feito. O resultado foi que os meus sócios solicitaram que eu desse o curso para coordenadores, gerentes, até atingir todos os funcionários”, afirma Gary.

A Companhia Athlética é a maior rede de academias – possui 13 unidades e é considerada referência em fitness. Por isso, a preocupação em investir em pessoal é semelhante à de empresas multinacionais que treinam executivos de diversas áreas. “Treinamos alguns funcionários ligados à área de Educação Física, outros não. Acredito que esse treinamento traz os mesmos benefícios para qualquer tipo de organização. É óbvio que as expectativas e escalas de valores de executivos e professores muitas vezes são diferentes. A agenda para o executivo, por exemplo, é muito mais importante do que para um professor, porém, os professores também têm que controlar seus horários para agendar aulas e saber priorizar suas atividades”, complementa.

O impacto

A adaptação em ministrar o seminário possibilitou que cada vez mais Gary adaptasse o conceito ao diaa-dia dos funcionários e da empresa. Com o intuito de mostrar que todas as essoas são conseqüências do que praticam e dos hábitos que possuem, uma das brincadeiras que ele utiliza é perguntar quem usa cinto de segurança, quem se alimenta bem e quem se exercita pelo menos três vezes por semana. Todos que tiverem respostas afirmativas, se levantam, os demais, permanecem sentados. Segundo Gary, desta forma, os funcionários conseguem captar exatamente a mensagem que ele deseja transmitir. “Após um treinamento, recebi um e-mail de uma professora contando que estava viva graças ao urso. Ela relatou que teve um grave acidente na estrada e que foi salva pelo cinto de segurança.

Ela afirmou que nunca utilizara essa proteção e que a brincadeira a fez mudar um mau hábito. Revelou ainda que tinha deixado de assistir novela para fazer uma boa leitura e que aquilo estava fazendo um enorme bem para ela. Claro que o curso não foi feito para falar para as pessoas adotarem o cinto de segurança, mas o que me deixou feliz foi que ela entendeu o conteúdo. Utilizou uma brincadeira para entender a importância de ter bons hábitos”, afirma Gary Schulze.

Além da excelente experiência que vem adquirindo com Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes, a Companhia Athlética também vem aplicando em seu pessoal As 4 Disciplinas da Execução. Na opinião do diretor da academia, é um conceito extremamente prático. “Nunca tinha me atentado à importância de poucas metas e um sistema eficiente de cumprilas.

Possuímos aqui na Cia a certificação ISO 9000 e implementamos as 4 disciplinas em nossos sistemas de metas de qualidades”, finaliza.

Deixe um comentário e compartilhe!