As 8 regras de ouro do feedback
12 de janeiro de 2016
Aprenda a estabelecer prioridades
21 de janeiro de 2016
Mostrar tudo

Por que a sua equipe não está engajada?

Um a cada dois empregados largou o trabalho para se afastarem de seu chefe, aponta uma recente pesquisa norte-americana. Conclusão: chefes não estão criando um ambiente em que sua equipe se sinta motivada ou confortável.

Quantos dos seus melhores membros do time deixaram seu cargo sem que você entendesse o que estava acontecendo? Funcionários normalmente tomarão alguma atitude, como se demitir, antes de pedirem o que realmente querem: clareza, foco nos pontos fortes e gestão participativa. Se você quer evitar que isso aconteça, veja as dicas abaixo:
Tenha clareza nas palavras
Da perspectiva da liderança, clareza nas palavras requer que sejamos explícitos na comunicação e nas expectativas e que se diminua o “implícito”. É preciso dizer o que quer como chefe, em vez de deixar que seus funcionários subentendam o que você espera deles.  Além do mais, comunicar-se com seus funcionários mostra a eles que você é um líder fácil de conversar e que está disposto a ouvir.
Tenha objetivos e expectativas claros
Líderes devem ajudar seus funcionários a estabelecerem suas prioridades e metas. Estudos comprovam que, quando o chefe ajuda a criar os objetivos de desempenho, funcionários dedicam-se 69% e, quando não, 53% ficam descompromissados com o trabalho. Seu time quer sua dedicação e um feedback.
Foque nos pontos positivos e construa um relacionamento
Fato: Funcionários que usam seus pontos fortes todos os dias tem seis vezes mais tendência a se comprometerem com o trabalho. Um estudo da Gallup comprovou que quando os chefes focam nas qualidades de seus empregados dos Estados Unidos, 61% se dedicam ao trabalho e só 1% é totalmente descompromissado. Quando você, como líder, foca no que eles não fizeram direito, 71% do seu time se torna ativamente desinteressado. Não é como se os problemas devessem ser ignorados, mas focar mais nas qualidades dá margem para o desenvolvimento pessoal de cada funcionário.
É importante criar um ambiente em que cada um possa trabalhar com seus pontos fortes e conhecimentos, isso encoraja os trabalhadores a crescerem e melhorarem, além de darem valor à companhia.
Não deixe que seu time fique na mediocridade e se esforce para criar empatia no local de trabalho. Ajude-os a focar nas qualidades que eles têm e a torna-las ainda melhores.
Seja engajado
Fato: funcionários que trabalham para chefes dedicados têm 59% a mais de chances de serem engajados também. Se o líder é esforçado, seu time também será e o contrário também. O estudo da Gallup mostra que apenas 35% dos gestores nos Estados Unidos são engajados. Isso significa que apenas 30% dos funcionários são envolvidos com o trabalho. Imagina quão melhor seria o desempenho do seu time se você também se engajasse nos projetos do dia a dia?
Somos todos humanos. Todos deveriam se sentir seguros no seu local de trabalho como pessoas, não apenas funcionários. O que acontece no ambiente profissional não fica apenas no ambiente profissional. Se não estamos satisfeitos com nosso trabalho e dedicados a ele, nossa vida pessoal sentirá as consequências.
Fonte: Forbes Brasil http://bit.ly/1PDtsT4

Deixe um comentário e compartilhe!