Foque nas Semelhanças e Não nas DiferençasFranklinCovey
timing-para-melhor-motivar-as-pessoas
Desenvolva seu timing para melhor motivar as pessoas
14 de julho de 2016
como-dar-um-feedback-dificil
Como dar um feedback difícil
29 de julho de 2016
Mostrar tudo

Foque nas semelhanças e não nas diferenças

foque-nas-semelhancas-e-nao-nas-diferencas

O foco nas diferenças pode comprometer ou tornar nula a capacidade de identificar as semelhanças.

Por HBR

Quando estiver trabalhando com alguém de outra cultura, seu primeiro impulso pode ser o de identificar as diferenças que existem entre vocês para alterar seu próprio comportamento, na tentativa de evitar alguma gafe. Mas se concentrar apenas no que há de diferente não ajudará em nada na construção de uma conexão mais profunda. Para fazer isso, você precisa focar nas similaridades. Talvez em um hobby que vocês dividem, um amor em comum pelo futebol ou até mesmo o fato de que ambos estão tentando falar com suas famílias pelo Skype. Você pode descobrir essas particularidades em conversas, através de uma pesquisa simples, ou apenas observando os objetos que estão em cima da mesa da outra pessoa. As possibilidades são infinitas. Mirar nas semelhanças, traz a você o poder de criar conexões e construir relacionamentos que podem superar as diferenças culturais ou fazê-las totalmente irrelevantes.

Deixe um comentário e compartilhe!