MC Donald’s - FranklinCoveyFranklinCovey
ciaatletica-thumb
Companhia Athletica
11 de março de 2016
sicoob1
SICOOB
11 de março de 2016
Mostrar tudo

MC Donald’s

mc-thumb

MC DONALD’S MUITO ALÉM DO BALCÃO E DO BIG MAC

“Levamos aos nossos funcionários conceitos que vão além de como fazer hambúrguer”

Segmento Alimentício

Resultados alcançados: os funcionários perceberam que o MC Donald’s estava os enxergando mais como pessoas e não somente como os responsáveis em produzir resultados.

Não há dúvidas de que a invenção da refeição fast food é um dos maiores fenômenos da história da gastronomia, que atende pessoas em busca de rapidez no atendimento. Porém, agilidade nem sempre significa qualidade no atendimento e nos produtos.

Por isso, o MC Donald’s se preocupa em investir, por meio da Universidade do Hambúrguer, não somente em treinamentos técnicos, mas em outros tipos de cursos de capacitação. “A natureza do negócio do Mc Donald’s é fast food, lida com alimentos, porém, obviamente, para que eu tenha um produto de qualidade, serviço rápido, e limpeza – tudo para que o cliente retorne -, eu preciso de pessoas bem treinadas”, afirma Íris P. B. Barreira, 39, Gerente de Desenvolvimento de Treinamento Brasil.

A empresa estabeleceu um currículo interno que exige dos funcionários conhecimento técnico, comportamental e de administração e utiliza a Universidade do Hambúrguer para capacitar o profissional nessas três áreas. “Primeiro, nós definimos que tipo de profissionais precisamos e as competências que eles precisam ter. Então, verificamos onde existem gaps e montamos treinamentos baseados na formação e experiência dos funcionários”, complementa a gerente que está há 22 anos na empresa.

A solução

Os conceitos do Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes foram implementados no MC Donald’s, pela primeira vez, em Chicago. Por meio de uma licença obtida com a FranklinCovey, a empresa utilizou os ensinamentos de Covey em programas internos.

Porém, a primeira rede a aplicar o treinamento em sua totalidade, foi a Argentina, que despertou o interesse no escritório do Brasil, o próximo a utilizar o programa. Aqui, o treinamento foi aplicado inicialmente em cerca de 60 funcionários de média gerência e deve ser expandido no ano que vem, já que essa área é formada por mais de 100 profissionais. “A partir do momento em que deparamos com questões como a necessidade de desenvolver equipes e de aprimorar o relacionamento com clientes, a implementação dos 7 Hábitos tornou-se necessária. Buscamos o programa por sua seriedade, por ter mais de 15 anos de existência e ser, portanto, bastante sólido. Queremos que os funcionários sejam bons no que fazem, mas que tenham compromisso com princípios, ética e relacionamento também”, afirma.

O impacto

A mudança foi significativa. Segundo Íris, os funcionários perceberam que o MC Donald’s estava os enxergando mais como pessoas e não somente como os responsáveis em produzir resultados.

“Percebemos um grande impacto por parte dos funcionários que notaram que o MC Donald’s estava levando a eles conceitos que vão além de como fazer hambúrguer. Não que hambúrgueres não sejam importantes; é o nosso negócio, mas existe agora uma preocupação maior com o relacionamento, com ética, princípios e caráter. Sabemos que precisamos obter bons resultados, mas esses só serão produzidos por pessoas que, se estiverem cada vez mais satisfeitas, os produzirão mais tranquilamente e com mais eficiência”, finaliza.

Deixe um comentário e compartilhe!