Como Deixar Claras suas Metas e Alcançar a Linha de Chegada - FranklinCoveyFranklinCovey
os-4-principios
Os 4 princípios para executar sua estratégia em 2015. Com excelência. No meio do redemoinho.
8 de outubro de 2014
pessoas-atuam-de-maneira-muito-diferente
Pessoas Atuam de Maneira Muito Diferente quando Elas Mantém o Placar. Elas, não o líder.
23 de outubro de 2014
Mostrar tudo

Como Deixar Claras suas Metas e Alcançar a Linha de Chegada

chegada
Por Bill Moraes
 
“Somos a empresa mais focada que conheço, ou sobre a qual já tenha lido ou tido conhecimento. Mantemos a quantidade de coisas nas quais nos concentramos num número bem reduzido. Assim, conseguimos dedicar uma imensa quantidade de energia naquelas que escolhemos.” Tim Cook, CEO da Apple.
 
Frequentemente as metas não são claras. Em outras palavras, constantemente nós definimos metas que ninguém consegue alcançar porque não existe uma linha de chegada. Não há meio de dizer quando chegamos à meta ou não, não podemos dizer onde estamos num determinado momento no tempo em relação à meta. Vejam alguns exemplos de metas que identificamos nos últimos anos aqui no Brasil e no mundo todo onde falta mensuração:
– “Aumentar nosso foco em novos negócios.” Como medimos isso?
– “Melhorar processamento de inventário.” Quanto?
– “Estreitar o relacionamento com novos clientes.” Como medimos “estreitar”?
– “Identificar, contratar e reter os melhores colaboradores.” Como sabemos se fizemos isso?
Dada esta falta de clareza na criação de metas, nós praticamos um conjunto de regras que foram testadas e refinadas por centenas de organizações e milhares de equipes durante muitos anos. Sendo bem diretos, possibilitamos que as organizações de todos os tipos criem foco em uma ou duas Metas Crucialmente Importantes (MCIs) que farão toda a diferença, ao invés de tentar de maneira medíocre se esforçar em dezenas de metas ao mesmo tempo.
Pense nas duas armadilhas mais comuns do foco:
– Você já se viu dizendo sim para todas as “boas ideias” que vem à sua mente?
– Você transforma tudo que está no meio de seu redemoinho diário em uma meta?
Quanto custa hoje à sua organização ou à sua equipe a falta de clareza na criação de suas metas? Este dilema é superado quando colocamos em prática um conjunto de 4 regras muito simples:
1. Nenhuma equipe deve focar em mais de duas MCIs (Metas Crucialmente Importantes) ao mesmo tempo.
2. Os jogos que você escolher devem vencer o grande campeonato da organização.
2. Líderes sêniores podem vetar, porém não podem ditar.
3. Todas as MCIs devem ter uma clara linha de chegada no formato “de X para Y até Quando”.
Medidas Históricas versus Medidas de Direção
Medida Histórica é a mensuração do resultado que você busca alcançar. Chamamos de medidas históricas porque quando obtemos os dados sobre elas, o resultado já aconteceu, elas sempre estão no passado.
Medida de Direção prediz o alcance da meta. Estas medidas são preditivas e influenciáveis. E aqui vai um aviso: resista à tentação de simplifica-las demais.
Façamos um breve resumo do que vimos até aqui. Uma MCI não é uma estratégia. A MCI é uma meta tática dentro de um horizonte de tempo definido. Algumas MCIs levam anos para serem alcançadas. Use seu bom julgamento.

Deixe um comentário e compartilhe!